advertising

“O lixo sobe antes da qualidade nos ímpetos iniciais”: confira o recado de Rodolfo Amstalden para buscar lucros sem perder o sono

Imagem: Montagem/Empiricus Research

Se você pensa em investir (ou já está investido) no “lixo” da Bolsa de Valores do Brasil, cuidado: ele vai subir agora. É uma armadilha clássica.

advertising

Nas palavras de Rodolfo Amstalden, analista especializado em ações de alto potencial de valorização, “o lixo sempre sobe mais que a qualidade durante os ímpetos iniciais”.

Em outras palavras, durante um rally de alta na Bolsa, como que estamos vendo agora com a queda de juros no Brasil, não há muita separação entre o que é joio e o que é trigo.

Historicamente, contudo, o que acontece após uma pequena pernada de alta é uma “troca” súbita no mercado de capitais: o dinheiro investido nas “ações lixo” desaparece e destrói portfólios inteiros…

Enquanto isso, o preço das “ações de qualidade” pode subir sem parar — podendo subir +142% sem roubar o sono do investidor.

advertising

É claro que o retorno passado não garante nada no futuro, mas uma nova tese publicada por Amstalden merece sua atenção.

Veja como (i) evitar essa armadilha financeira ainda em dezembro e (ii) buscar lucros de +37%… +79%… +99%… e… até mesmo +142% no decorrer desta matéria.

Você também pode, em vez disso, se antecipar aos outros leitores e ativar o lembrete para receber a “Tese de +142%” direto no seu e-mail.

RECEBER A “TESE DE +142%”

Alerta: o que são as “ações lixo” e por que elas podem iludir o brasileiro agora e devastar milhares de patrimônio a seguir

Quando uma empresa está passando por dificuldades e seu preço cai, alguns investidores mais otimistas aproveitam o preço “barato demais” e caem na chamada armadilha de valor (no inglês, value trap).

Quando o mercado melhora, essas empresas extremamente baratas tendem a apresentar um ganho percentual superior ao índice. Até aí, não tem nada demais – e analistas de qualidade, inclusive, buscam essas assimetrias para ganhar mais dinheiro.

A grande questão aqui é separar:

  • O joio, que são empresas com um modelo de negócio pouco rentável, dívida insustentável ou problemas de gestão;
  • Do trigo, que são as empresas subprecificadas por conta do cenário econômico ou até mesmo por não terem convencido o mercado de sua qualidade.

O problema é que, como na parábola bíblica, o joio e o trigo crescem juntos.

É por isso que, em relatório recente de sua série Microcap Alert, focada em ações com potencial explosivo, Amstalden alertou: “O lixo sempre sobe mais que a qualidade durante os ímpetos iniciais”.

O que parece uma mera frase de efeito na verdade reflete toda uma filosofia de investimento: buscar ganhar dinheiro sem perder o sono. Em outras palavras:

  • Capturar ações baratas e com potencial explosivo;
  • Mas cuja alta será sustentável e não uma subida volátil puxada pela euforia do mercado.

No entanto, nem todos os investidores brasileiros têm acesso às recomendações feitas pelo Empiricus Research — e fatalmente podem cair em armadilhas de valor.

Nessa primeira pernada de alta do Rali de Fim de Ano, vemos um filme que se repete há anos e mais anos: as “ações lixo” sobem primeiro. Em breve, devem cair da escada.

E todos que investiram nelas poderão sofrer um revés bastante doloroso ao ver a curva de rendimento da carteira dar um mergulho e “bater de barriga” na água.

Segundo a tese de Rodolfo, agora é o melhor momento de investir com inteligência nas Ações Premium — aquelas com fundamentos tão bons que praticamente garantem um sono tranquilo para o investidor.

Rodolfo ainda complementa: “buscamos um “match” entre fundamentos seguros (sono tranquilo) e retornos excepcionais, como estamos entregando há anos.”

Os retornos aos quais ele se refere são operações com lucros de 142%, 170%, 185%, 216%, 257% e até 275%.

É claro que retornos passados não influenciam o futuro, mas servem como base técnica e comprovada de que Rodolfo não brinca em serviço. É fato: quem prefere Ações Premium e evita “ações lixo” costuma se dar bem.

DESCOBRIR QUAIS SÃO “AÇÕES LIXO” E QUAIS SÃO AS AÇÕES PREMIUM

“Sem nenhuma vantagem por agora… mas temos tudo para esmagar os lucros médios do mercado no ‘segundo tempo’ desse jogo”

Rodolfo deixa claro aos leitores mais fiéis de seu conteúdo que Ações Premium podem entregar lucros bem modestos agora. Faz parte do processo.

Quem busca enriquecer neste primeiro momento está se adiantando.

Primeiro, a manada de investidores que comprar “ações lixo” verá uma alta de preços perigosa e instável — para depois dar com a cara no chão.

Enquanto isso, Ações Premium podem subir, mas subir pouco.

E quando chegar o “segundo tempo” dessa pernada de altas da Bolsa de Valores, aí sim é a “hora do banquete” para quem investiu em Ações Premium.

Veja os lucros projetados por Rodolfo e sua equipe de análise:

  • Ação Premium #01 (setor de joalheria): potencial de lucro de +37,9%.
  • Ação Premium #02 (setor de agricultura): potencial de lucro de +79,1%.
  • Ação Premium #03 (setor de mobilidade): potencial de lucro de +99,8%.
  • Ação Premium #04 (setor de farmacêutico): potencial de lucro de +142,7%.

Essas projeções contemplam apenas algumas poucas Ações Premium selecionadas a dedo no portfólio de recomendações do Rodolfo.

Como você pode conferir, tem o “cardápio” tem opções para todos os gostos… desde nichos mais luxuosos até os mais tradicionais da economia brasileira. Se você quer receber o nome de todos os ativos, pressione o botão abaixo:

QUERO OLHAR A CARTEIRA COMPLETA

Rali de Fim de Ano: os 3 gatilhos que podem desencadear lucros no Ibovespa e ‘catapultar’ esse ativo de 5 letras para subir 10X mais

Após 200 dias de análise de mercado, Rodolfo e sua equipe identificaram 3 gatilhos macroeconômicos impossíveis de ignorar:

GATILHO #1: PIB

O PIB brasileiro superou todas as expectativas, inclusive da autoridade financeira mundial que é o FMI:

Fonte: AgênciaBrasil (05/12/2023)

As projeções para todos os próximos anos, a começar por janeiro de 2024, é a de que o PIB cresça ainda mais — e a combinação de bom cenário econômico com empolgação dos investidores pode fazer ‘maravilhas’ com o preço das ações.

GATILHO #2: INFLAÇÃO

Vivemos um momento de alívio no qual o IPCA saiu da casa de dois dígitos de crescimento e está rondando entre 3% e 4%. Mais uma vez, as projeções de 2024 indicam que a inflação continuará se tornando mais e mais fraca no decorrer do ano.

Fonte: Exame (13/11/2023)

Isso promete aquecer a economia e fazer os investidores abrirem o bolso para comprar mais ações e puxar o mercado para cima.

GATILHO #3: TAXA DE JUROS

A taxa básica de juros do Brasil caiu este ano e — veja só — também promete cair ainda mais em 2024, tornando as ações mais atraentes e aumentando o fluxo de recursos que entra no Ibovespa.

Isso prepara um terreno fértil para a nova recomendação de Rodolfo ‘germinar’ com lucros 10X maiores que o Ibovespa — como vem acontecendo frequentemente.

RECEBER TESE COMPLETA E A RECOMENDAÇÃO DE 5 LETRAS

Faça isso antes do dia 18 de dezembro para ter uma chance de surfar a tendência de alta das Ações Premium por completo, a começar em janeiro

A regra dos juros compostos é brutal — quem pega a onda de lucros no início, vê retornos fantásticos se empilhando. Quem perde alguns poucos dias, acaba cortando uma boa parte do potencial de lucros.

É um fenômeno estatístico, não adianta.

Por isso, pressione o botão abaixo para receber acesso à Lista de Ações Premium no dia 18 de dezembro de 2023 e começar 2024 com seu portfólio posicionado.

Como você viu, Rodolfo já selecionou quais papéis da Bolsa de Valores podem trazer retornos de +37% a +142% nos próximos meses. É com você.

O post “O lixo sobe antes da qualidade nos ímpetos iniciais”: confira o recado de Rodolfo Amstalden para buscar lucros sem perder o sono apareceu primeiro em Empiricus.

advertising