advertising

Equatorial (EQTL3): altas temperaturas do 4T23 beneficiam companhia, segundo prévia operacional

Equatorial EQTL3
Imagem: Divulgação/Equatorial

Se nos trimestres anteriores a Equatorial (EQTL3) já vinha apresentando volumes crescentes mesmo sem ajuda de fatores externos, as ondas de calor no 4T23 contribuíram para melhorar ainda mais o desempenho da companhia no segmento de distribuição de energia. 

Volume de distribuição de energia

advertising

A energia distribuída em suas sete subsidiárias do segmento atingiu 14.832 GWh, alta de 12,3% na comparação com o 4T22. Destaque para as distribuidoras do Maranhão (12% de aumento), Pará (14% de aumento), Piauí (14% de aumento) e Goiás (17% de aumento), todas bastante ajudadas pelo clima. 

Importante mencionar que mesmo com o aumento do volume distribuído, as perdas caíram -0,7 p.p. na comparação anual, o que demonstra mais uma vez bom controle e fiscalização da companhia em sua região de atuação. 

Destaque para as reduções de -4,6 p.p. nas perdas das distribuidoras CEA (Amapá) e -3,1 p.p. nas perdas da CEEE-D (Rio Grande do Sul), cujas perdas seguem acima dos níveis regulatórios, mas seguem apresentando boa melhora nesse quesito. 

O que achamos da prévia operacional de Equatorial?

Dada a relevância da distribuição no negócio, os ótimos números do segmento na prévia são bom presságio para os resultados financeiros consolidados que serão divulgados em 20 de março.

advertising

Assim como aconteceu no 3T23, o segmento Renováveis foi afetado pelas restrições (constrained-off) de algumas usinas de geração renovável no Nordeste, após o blecaute ocorrido em agosto de 2023. Com isso, a energia gerada caiu -10,6%, mesmo com maiores velocidades do vento no período. 

Por fim, a CSA, concessão de saneamento do Amapá, segue em processo de ajustes iniciais e tivemos redução de -8% nas ligações de água e -9,7% nas ligações de esgoto, por conta da identificação de cadastros inválidos. Por outro lado, o volume faturado de água aumentou 3,5%, com redução de -6,8 p.p no índice de perdas. Não foi um resultado brilhante no segmento de saneamento, mas ainda nos estágios iniciais de concessão, com um índice de cobertura de serviços muito baixo (42% para água e 8% para esgoto) e perdas ainda elevadas (58,5%), há um amplo espaço para melhorias operacionais e de resultados pela frente. 

Por 8x Valor da Firma/Ebitda, resultados crescentes e com amplo espaço para melhora de resultados em algumas subsidiárias em turnaround, a Equatorial segue na carteira. 


Por questões de liquidez, o fundo de ações que rendeu 52% nos últimos 12 meses será fechado para novos investidores.

Por enquanto, você tem a chance de investir em um dos fundos mais preparados para capturar o otimismo com a queda da Selic.

Veja como poder investir nele clicando aqui.

O post Equatorial (EQTL3): altas temperaturas do 4T23 beneficiam companhia, segundo prévia operacional apareceu primeiro em Empiricus.

advertising