advertising

Desvalorização do Bitcoin Após Aprovação dos ETFs nos EUA: Impacto nas Criptomoedas Principais

Desvalorização do Bitcoin Após Aprovação dos ETFs nos EUA: Impacto nas Criptomoedas Principais

O Bitcoin, simbolizado como BTCUSD, registrou uma desvalorização de 4% nas últimas 24 horas, atingindo a marca de US$ 40.640. Essa queda significativa na principal criptomoeda do mundo teve um efeito dominó sobre outras altcoins, com Solana (SOLUSD) e Avalanche (AVAX) perdendo 7% e 8%, respectivamente.

advertising

A desvalorização ocorreu após a aprovação histórica dos ETFs de Bitcoin nos Estados Unidos. Esses veículos de investimento, amplamente populares, começaram a ser negociados na quinta-feira (11), marcando um marco significativo após uma década de rejeições por parte dos reguladores.

A reação do mercado à aprovação dos ETFs de Bitcoin nos EUA foi mista. Enquanto alguns esperavam um aumento no preço do BTC, considerando que os investidores tradicionais agora teriam acesso a uma forma mais acessível de investir na criptomoeda, outros, incluindo a empresa de dados CryptoQuant, previram uma queda nos preços.

Além do impacto no Bitcoin, a desvalorização reverberou nas 20 principais criptomoedas. Solana (SOLUSD), por exemplo, perdeu aproximadamente 7% de seu valor nas últimas 24 horas, sendo cotada em torno de US$ 89.

A Avalanche (AVAX) também sentiu os efeitos da queda do BTC, registrando uma queda superior a 8% em um único dia. O token agora está sendo negociado a cerca de US$ 31,50.

advertising

Enquanto o mercado reage a essas flutuações, a atenção dos investidores se volta para os desdobramentos futuros, especialmente em relação ao impacto dos ETFs de Bitcoin nos padrões de investimento tradicionais. Essa aprovação sinaliza uma mudança significativa na percepção institucional das criptomoedas, mas a volatilidade persistente continua a ser uma característica marcante desse setor em constante evolução.

advertising