advertising

BTLG11, VISC11, TRXF11 e mais três FIIs: veja as notícias da semana sobre os fundos imobiliários

fundos imobiliários fiis btlg11 visc11
Imagem: Freepik

A seguir, apresentamos as últimas notícias referente aos fundos imobiliários (FIIs) recomendados na Empiricus.

advertising

#AIEC11: o Autonomy Edifícios Corporativos comunicou a reavaliação a valor justo dos seus ativos, o que resultou em um decréscimo de 12% em seu valor contábil, equivalente a aproximadamente R$ 53,4 milhões (cerca de R$ 11,06 por cota).

#BTLG11: o BTG Pactual Logística formalizou a aquisição de um portfólio de três imóveis AAA. Todos os ativos são localizados no estado de São Paulo, sendo dois deles dentro do raio de 30 quilômetros da capital. O valor total da transação é de R$ 760 milhões, sendo R$ 440 milhões desembolsados após a superação de determinadas condições precedentes, enquanto os R$ 320 milhões restantes serão pagos 18 meses após o fechamento da negociação.

#HSML11: o HSI Malls comunicou a assinatura de compromisso de compra e venda para a alienação da fração ideal de 30% do Shopping Pátio Maceió e do terreno adjacente ao empreendimento. A venda foi acordada pelo valor total de R$ 213,2 milhões, sendo R$ 210,8 milhões referentes à fração ideal do shopping, o que corresponde a um cap rate de 7,5% ao ano (considerando o NOI projetado para 2024).

  • [Seleção “premium” de fundos imobiliários] Veja quais são os 5 FIIs recomendados pelo analista Caio Araujo para buscar ótimos dividendos mensais. Baixe aqui o relatório gratuito.

Poucos dias após a venda, o fundo anunciou a sua 3ª emissão de cotas, com o objetivo de captar R$ 350 milhões, por meio da emissão de 3,7 milhões de cotas a R$ 98 por cota, considerando o custo de distribuição de R$ 3,66 por cota. O fator de proporção para os atuais cotistas será de 0,235, enquanto o montante mínimo para o não cancelamento da oferta é de R$ 30 milhões.

advertising

#MCCI11: o Mauá Capital Recebíveis Imobiliários divulgou o seu guidance de distribuição para o 1º semestre de 2024, que deve ficar no intervalo de R$ 0,75 a R$ 0,85 por cota.

#TRXF11: o TRX Real Estate comunicou a reavaliação patrimonial de seus ativos pela Amaral D’Avila Engenharia de Avaliações, cujo resultado apontou um incremento de 4,66% da cota patrimonial do FII em relação ao fechamento do mês de novembro, indo para R$ 108,67 por cota.

#VISC11: o fundo comunicou o encerramento da sua 10ª emissão de cotas, na qual foram captados um total de R$ 875 milhões. Logo em seguida, foi anunciada a compra de sete novos ativos para o portfólio no valor total de R$ 537,3 milhões, o que representa um cap rate médio ponderado de 9,3% para os próximos 12 meses, sendo que uma das negociações já foi concluída (Madureira Shopping), enquanto as outras seis estão em fase de análise pelo CADE.

Por fim, foi realizada a reavaliação anual dos ativos do FII pela Cushman & Wakefield, resultando em um incremento de 12,7% no seu valor contábil, sem considerar a aquisição do Madureira Shopping. Deste modo, há uma valorização de 16,4% em sua cota patrimonial, que passa a ser de R$ 133,94.

O post BTLG11, VISC11, TRXF11 e mais três FIIs: veja as notícias da semana sobre os fundos imobiliários apareceu primeiro em Empiricus.

advertising