advertising

4T23 da 3R Petroleum (RRRP3): resultado em linha com as expectativas é ‘foto do passado’; veja a análise

3R Petroleum RRRP3
Imagem: Divulgação/3R Petroleum

O 4T23 da 3R Petroleum (RRRP3) ficou em linha com as nossas baixas expectativas, refletindo a sabida parada para manutenção do mid&downstream (refino e processamento de óleo e gás).

advertising

O EBITDA ajustado foi de R$ 697 milhões, redução trimestral de 16%, mas, ainda assim, a companhia gerou R$ 612 milhões em caixa operacional (+35%).

A queda no EBITDA era amplamente esperada pelo mercado, além de ser uma foto desatualizada da operação, já que o mid&downstream retornou às atividades já no final de dezembro.

A receita líquida teve uma redução trimestral de 22%, para R$ 1,9 bilhão. Aqui, a alta de 7% no upstream, reflexo do crescimento orgânico da produção, foi mais que compensada pela queda de 61% no mid&downstream, em função da mencionada parada de manutenção. Importante ressaltar que houve crescimento no upstream apesar da queda de 3% do preço do petróleo no período.

O lifting cost (custo de extração do óleo/gás) ficou em US$ 18 por barril de óleo equivalente, redução sequencial de 3%, o que vemos como positivo. Isso se deve à diluição dos custos no Polo Papa-Terra, cuja produção ganhou escala (+26% no tri). As despesas gerais, por sua vez, apresentaram queda de 26%, em função de menores despesas com pessoal. Com isso, o EBITDA ajustado foi de R$ 697 milhões (-16%).

advertising

O recebimento de vendas realizadas em trimestres anteriores gerou um aumento de 35% na geração de caixa operacional, que foi de R$ 612 milhões, mesmo com a redução no EBITDA. Após os investimentos de R$ 346 milhões e o pagamento de R$ 205 milhões em dívidas, a companhia gerou um caixa livre de R$ 72 milhões (+66%), isso desconsiderando a captação de R$ 1 bilhão em debêntures de infraestrutura.

RRRP3: recomendação de compra

Olhando à frente, o 1T24 deve ser beneficiado pelo retorno do mid&downstream, o que pode inclusive explicar a alta de 1,4% da ação hoje.

Ademais, aguardamos novidades sobre o negócio entre a 3R e a Petrorecôncavo, que está em fase de alinhamento das condições de combinação e pode ser um catalisador para a ação.

Negociando a 5,2x seu lucro estimado para 2024, temos recomendação de compra para RRRP3.

Para conferir outras nove recomendações da Empiricus Research para buscar lucros ainda em março, clique aqui e se cadastre para receber um relatório gratuito em seu e-mail.

O post 4T23 da 3R Petroleum (RRRP3): resultado em linha com as expectativas é ‘foto do passado’; veja a análise apareceu primeiro em Empiricus.

advertising